home
biografia
bibliografia
toda palavra
outras palavras
entrevistas
 
adriano_-_perfil



Adriano Lobão Aragão
nasceu em Teresina, Piauí, em  1977. Mestre em Letras pela Universidade Estadual do Piauí. Professor de língua portuguesa do Instituto Federal do Piauí. Trabalhou como assessor pedagógico da Editora Saraiva. Em 1998, através do Concurso Novos Autores, recebeu o Prêmio Cidade de Teresina pelo livro Uns poemas, publicado no ano seguinte pela Fundação Cultural Monsenhor Chaves. Em 2005 publicou Entrega a própria lança na rude batalha em que morra, pela Fundac. Seu livro Yone de Safo foi agraciado em 2006 com prêmio Torquato Neto instituído pela Fundação Cultural do Piauí e publicado pela amálgama no ano seguinte. Publicou ainda as cinzas as palavras (amálgama, 2009) e, em 2012, lança seu primeiro romance, Os intrépidos andarilhos e outras margens (Nova Aliança). Em 2017, publicou Os tempos e a forma (dEsEnrEdoS), poesia reunida, contendo os livros de poemas anteriores e o inédito Entre áridos anseios dispersos. Participou das coletâneas Versos Diversos (Passos/MG), Poetas do Brasil 2000 (Porto Alegre/RS) e Estas Flores de Lascivo Arabesco, poemas eróticos piauienses (Teresina/PI), e das revistas Poesia Sempre nº 33 (Fundação Biblioteca Nacional, Rio de Janeiro/RJ), Revestrés nº 2 (Teresina/PI) e Revista Brasileira (Academia Brasileira de Letras/RJ). Atualmente, edita o site dEsEnrEdoS e o blog Ágora da Taba.


Site Map